Alargamento a 18 clubes aprovado, sem descidas de divisão

A Assembleia-Geral da Liga de Clubes aprovou hoje o alargamento do principal campeonato de futebol para 18 clubes, sem descidas de divisão na presente época.
A proposta de Mário Figueiredo, presidente da Liga, foi aprovada com 31 votos a favor (nove da Liga e 13 da Honra), 15 contra (6-3) e duas abstenções (um clube da Liga).

Mesmo com o alargamento aceite por maioria, só a aprovação de um regime transitório o poderá materializar, contando ainda com a necessidade de anuência da Federação Portuguesa de Futebol, com quem a Liga terá de assinar um novo contrato para a organização das provas profissionais.
Recorde-se que o presidente da Académica, José Eduardo Simões, assumiu em entrevista ao Record/Antena 1 ser contra esta medida devido aos custos inerentes a mais quatro jogos numa época.
This entry was posted in Notícias. Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: URL pra trackback.

12 Comments

  1. Riclecr
    Posted 13 de março de 2012 at 17:48 | Permalink

    O governo brasileiro já reviu em alta as previsões do crescimento para este ano ao saber do aumento da Liga Portuguesa para 18 equipas, e já mandou reforçar os efectivos nos portos para o envio de contentores de mais jogadores de futebol!

    GD Star Rating
    loading...
  2. P. Oliveira
    Posted 13 de março de 2012 at 16:39 | Permalink

    Parece-me que 14 estão adequados à dimensão do País, mas é discutível se devem descer 2, 3 ou 4, ou 2 mais liguilha. Não compreendo é como uma equipa como o Guimarães, que deve meses de ordenado com uma equipa, se quer abalançar a uma equipa B. Vai tudo ficar em águas de bacalhau: o tipo da Liga prometeu, “cumpriu” no que lhe cabia fazer, e agora rezemos todos para que a Federação e o Instituto do Desporto (salvo erro) chumbe esta fantochada.

    GD Star Rating
    loading...
    • P. Oliveira
      Posted 13 de março de 2012 at 16:41 | Permalink

      16, eu queria dizer 16.

      GD Star Rating
      loading...
    • jprs
      Posted 13 de março de 2012 at 22:48 | Permalink

      bem visto

      GD Star Rating
      loading...
  3. Subripa
    Posted 13 de março de 2012 at 10:48 | Permalink

    Relembro que o argumento de que o campeonato iria ficar mais competitivo com menos equipas não funcionou, como se vê agora, pelo que reduzir ainda mais seria um disparate que só beneficiaria os grandes…qualquer dia há 10 jornadas entre os 3 palhaços.

    ~Sou a favor do alargamento para tornar o campeonato mais interessante, mas nunca nestes termos a meio da época. Pode originar o caos com salários a não serem pagos e jogos a desvirtuar a verdade desportiva, por isso é mal feito e vai dar merda.

    GD Star Rating
    loading...
    • Rui Moreira
      Posted 13 de março de 2012 at 11:15 | Permalink

      exactamente, sou a favor de uma liga com 18 clubes, mas noutro modelo competitivo.

      Em Portugal temos poucos jogos, os meninos recebem muito e jogam pouco!!!!

      Liga a 18, desciam os ultimos 2, e o 16º e 15º lugar liguilha com 3º e 4º lugar da Honra. Melhorar a Taça da Liga. Entre muitas outras coisas.

      Agora vai ser bonito de ver se a Liga for obrigada a recolocar o Boavista na primeira liga. E isto de não descer não lembra ao diabo. Qual a motivação dos jogadores do Leiria? Não acabar em ultimo?

      Ah e o presidente da liga dizer que existem neste momentos que já não tem objectivos e que portanto tudo vai ficar na mesma é uma grande grande grande treta e fica-lhe muito mal.

      O 6º lugar pode dar a Europa, e sendo que nós estamos a apenas 6 pontos da Europa podemos ainda la chegar. Da mesma forma que os que estão atras de nos ainda podem descer.

      GD Star Rating
      loading...
  4. João Fonseca
    Posted 13 de março de 2012 at 10:38 | Permalink

    Pelos comentários e pela informação dada no post, constato que a Direcção da Académica votou de acordo com o sentimento dos sócios.
    Ainda bem, porque esta decisão não faz sentido algum. Não faz sentido o alargamento e muito menos a repescagem directa dos 2 últimos da 1ª Liga. Não alterar as regras do jogo a meio dele, é uma máxima aplicável a tudo, e essencialmente no desporto.
    Quando se pede clarificação e transparência, quando se deve estremar o trigo do joio, em termos de clubes que podem e devem andar na carruagem da frente, em detrimento de outros que, para além de não possuírem qualquer representatividade social, já se lhes acabou a “gasolina” dos bordéis e da construção civil, faz-se o contrário. Atiramos-lhes uma corda, para andarem rebocados pelo barco mais um anito, a enganarem jogadores, a “negociarem” colocações de jogadores manhosos, feitas por “empresários” ainda mais manhosos, no fundo a enganar as pessoas, vivendo claramente acima da sua realidade.
    E nós, os outros “pequenos” vamos ver diminuir ( e não aumentar como o palerma do Fiúza diz) as receitas da TV ( mesma receita global; grandes intocáveis, mais “filhos”; menos pão para cada um )
    Ele há cada coisa…

    GD Star Rating
    loading...
  5. 44
    Posted 13 de março de 2012 at 1:57 | Permalink

    Isto é o cúmulo!

    GD Star Rating
    loading...
  6. jprs
    Posted 13 de março de 2012 at 1:20 | Permalink

    É vergonhoso. O alargamento nem o contesto, mas não descer ninguém. É estar a premiar aqueles que normalmente abusam que gastam de mais e que tem salários em atraso mas que no proximo ano vão roubar jogadores à aac com promessas de grandes salários e outros a pagá-los por fora (vide o setubal esta época). Para além disso é uma falta à verdade desportiva. E no entanto há clubes da segunda liga que andam taco a taco e que se fosse uma liguilha iriam provavelmente dar conta desses clubes. É uma vergonha

    GD Star Rating
    loading...
    • Rui Moreira
      Posted 13 de março de 2012 at 1:29 | Permalink

      Exactamente.

      Não descer ninguem altera todo o campeonato. A partir de agora o campeonato para o Leiria acabou ja que já não conseguem ficar acima do 8º lugar.

      O mesmo se aplica ao feirense, etc, etc

      O campeonato deveria ter sido sempre a 18, reduzir foi um erro! Mas deviam descer 4 equipas e subir 4 equipas da liga de Honra. Devia acabar-se com o monopolio da sporttv, criar um fundo de transição entre Primeira Liga e Liga de Honra devido à quebra abruta de receitas, etc. Seguir o modelo ingles basicamente

      GD Star Rating
      loading...
  7. Tiago Freitas
    Posted 12 de março de 2012 at 23:27 | Permalink

    eu acho que 16 equipas está bom. Não vejo a necessidade de mais jogos.
    Agora acho que se devia é aproximar mais as pessoas das equipas das suas cidades/regiões, e lutar um bocado contra a centralização das massas associativas.
    O que podia levar a que isso acontecesse era, por exemplo, fazer como se faz no Brasil, um campeonato estadual (aqui seria regional) antes do nacional, onde seria um pequeno campeonato onde a Académica iria jogar com os clubes da região, Miranda, Tocha, Naval, Soure, Poiares, Oliv Hospital etc. onde, nesses jogos podiam jogar os menos utilizados.
    O que acham?

    GD Star Rating
    loading...
  8. ...
    Posted 12 de março de 2012 at 22:08 | Permalink

    Para aumentar a competitividade era preciso é que descessem mais clubes, não alargar o campeonato. Enfim …

    GD Star Rating
    loading...

Post a Comment

Your email is never published nor shared.

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • Publicidade

    Mundo de Apostas - Prognósticos Desportivos